História da Língua Árabe:

A língua árabe, originalmente falada no Norte da África e Oriente Médio, pertence ao ramo lingüístico semita. É justamente com o advento do Islã, há aproximadamente 1500 anos, que o árabe, assim como o latim no contexto Cristão, passou a ser usado no seio de todas as comunidades islâmicas espalhadas pelo mundo como referência religiosa e cultural. Tal realidade se deve ao fato do Alcorão, livro sagrado do Islã, base de seus cânones, e também um dos expoentes literários da língua árabe, estar escrito em árabe assim como toda a sua liturgia.

O árabe é a língua de comunicação de mais de 200 milhões de pessoas, designando-se por "árabe literal" a língua erudita e a respectiva escrita - comuns a todos os falantes - e por "árabe coloquial" (ou dialetal) o árabe falado, cuja base é a mesma do literal, mas que sofre alterações dialetais de região para região. O alfabeto árabe, chamado de alifato (devido a sua letra inicial o alif), é constituído por 28 letras e é escrito e lido da direita para a esquerda.

Cartier replica watches uk sale has launched a new Santos series watch, in the premise of retaining the square shape, redesigned in detail, so that the omega replica case and the bracelet line more harmonious, delicate and long lines, so that the watch has more features and vitality of the times. The new watch uses an innovative swiss replica watches chain design and has a watch quick release function that allows the wearer to feel free to change the strap according to the mood. The rolex replica uk wrist watch is also equipped with a leather strap.

A crescimento do Islã a partir do século VIII, levou ao contato da língua árabe com várias regiões do mundo, criando um legado linguístico visível até os dias de hoje: da numeração árabe original desenvolveu-se o sistema de numeração ocidental, o qual, apesar das múltiplas alterações introduzidas ao longo dos séculos, é ainda hoje conhecido como "arábico", em oposição aos numerais romanos ou latinos.

Dos sete séculos de presença na Península Ibérica – na Espanha de 711 a 1492, quando os Reis Católicos ocuparam Granada, ou até 1249 em território Português, quando Afonso III terminou a conquista do Algarves - resultaram imensas influências, principalmente em nível lingüístico e arquitetônico.